vacina

Prazer em Cuidar

Gentileza é receita para a vida


Cultivar essa virtude pode ser um bom remédio para estreitar as relações sociais e trazer mais leveza ao dia a dia.
Os afazeres são muitos, e o tempo quase sempre parece curto para darmos conta de tudo de que precisamos em um único dia. Corremos tanto, mas às vezes acabamos deixando algo por terminar. Nesse ritmo frenético, preservar as boas maneiras, traduzidas em um "bom-dia" acompanhado de um sorriso, é uma atitude não só necessária como importante para garantir a boa saúde das relações. Porque um cumprimento simples como esse pode fazer a diferença no dia de uma pessoa, e ir além, se ele vier temperado com gentileza.


Espaço Compartilhado


Não estamos sós. Ainda dentro de casa vivemos em sociedade, e é ali, no nosso "ninho", que começamos a praticar a gentileza — com nossa família. Quando atravessamos a porta e pisamos no mundo, encaramos nossos vizinhos, o porteiro, outros motoristas, as pessoas na rua. A todos eles devemos dispensar atenção e bom tratamento. Olhar seu interlocutor nos olhos e prestar atenção ao que ele diz, saber elogiar ou repreender sem agressividade, surpreender um estranho oferecendo-se para ajudá-lo são atitudes que expressam a intenção genuína de ser gentil.


A Moeda da Gentileza


Vivemos num mundo de ação e reação. Se alguém nos trata com rispidez, o reflexo imediato é revidarmos no mesmo tom. Mas, quando oferecemos a mão a quem eventualmente nos agride, é como se quebrássemos as expectativas do outro, estabelecendo outra forma de interagir — que muitas vezes pode levar ao resgate da gentileza perdida. Tentar entender que nem sempre estamos num dia bom — e que às vezes podemos chegar ao limite da nossa paciência — pode nos ajudar a tolerar o mau humor alheio. Assim, em vez de reagir negativamente a ele, podemos retribuir com a moeda da gentileza, oferecendo-se para ajudar o outro, nem que seja simplesmente respondendo a palavra torta com uma palavra acolhedora.


Fazer o bem sem Olhar a Quem


A gentileza é virtude para cultivar a vida toda. Sem fronteiras, sem limites, sem escolhas. Deve ir ao encontro de todos os que passam pelo nosso dia. Do porteiro do prédio ao desconhecido que entra ao mesmo tempo em que nós numa drogaria. A eles damos passagem, dizemos "olá!" e ajudamos a entrar no elevador quando estão com as mãos ocupadas. Com eles aprendemos a fortificar as relações humanas, cada vez mais impessoais. Porque a gentileza, aos poucos, nos ensina o caminho de coexistirmos em harmonia — seja com quem for.


De Igual para Igual


Colocar-se no lugar do outro e entender que nem sempre as pessoas estão passando por um bom momento na vida nos faz capazes de construir relações cada vez mais cordiais. Pode ser com um vizinho, o amigo de um amigo ou um desconhecido que compartilha o mesmo espaço com você. Antes de agir de maneira intempestiva e muitas vezes agressiva, é importante ouvir com atenção o que seu interlocutor tem a dizer. Às vezes estamos tão condicionados a rebater o que nos é aparentemente ofensivo que deixamos de perceber a razão do outro. E tentar enxergar os fatos a partir de uma visão de mundo diferente é um bom começo para melhorar a convivência consigo, com o outro e com a comunidade em que se está inserido.


Atender e Cuidar


Quem age com atenção está próximo e percebe o outro. A gentileza é o fio condutor das boas relações. É ela que não nos deixa perder o costume de cumprimentar os outros, de estar atento às suas necessidades, de ter disposição para ver e ouvir. Nós, da Raia, sabemos quanto é importante receber o cliente com um sorriso verdadeiro e espontâneo. Sabemos da importância de agir com propósito e colocar a nossa alma e o coração em cada atendimento. Atender, cuidar, nossa grande vocação. Uma gentileza diária.

x